Com Goiabada e Amor

     Sei que bolo de fubá com Goiabada já é uma receita batida...
     Mais é tão bom que eu fiz essa semana e vim compartilhar...
     Primeiro que a mais de um ano, não fazia bolo por que não tinha forno e segundo que grávida não      pode ficar com vontade de comer as coisas....


     Então vou aproveitar e deixar a receita que usei, caso alguém ai também fique com vontade e já queira correr pra cozinha...

Massa:

3 ovos
1 xicara de oleo
1 xícara de leite
1 e 1/2 xícara de açucar
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de fubá
1 colher de fermento

Bater tudo na batedeira (na receita dizia pra bater primeiros os liquidos no liquidificador e depois acrescentar o restante, mais na batedeira dá super certo também e bate tudo de uma só vez)
Untar a forma, e ir despejando a massa e colocando pedacinhos de goiabada passados na farinha de trigo...

Para a só levar pedaços de goiabada ao fogo com um pouco de água, ir mexendo até derreter tudo e cobrir o bolo depois de pronto....


Ficou uma delicia....

Bom Fim de semana

Bjinhosss


Dessa vez é.....

Eu jurava que seria outra menininha....errei...
Dessa vez é um meninão, ainda sem nome definido....
O Marido está radiante, eu ainda estou me acostumando com a nova idéia...
Mais estamos felizes, ter um casal é uma benção!!!



Bjinhosss

Até que enfim....

Atualmente coisas maravilhosas estão acontecendo....
a malu está enorme e terrivel...
já estou com 16 semanas de gestação do meu segundinho e essa semana vou confirmar se vai ser outra menina mesmo...
Esse ano foi maravilhoso e compensou toda tristeza do ano passado...

E até que enfim, depois de quase 5 anos, morando de aluguel em casas precárias, onde não se podia mexer em nada, fazer algo melhor, onde eu pagava um valor que iria embora e nunca mais veria a cor, conseguimos nossa casa própria...como várias amigas acompavam o blog desde o inicio, e sabiam como era dificil....

Nossa casa  nova é pequena, mais é uma gracinha...
No fundo, anexo a saida da cozinha, tenho um gatil para os gatos ficarem confortáveis num espaço só para eles, tem até area de sol...As crianças teram um quarto só para elas, apesar da malu ainda dormir com a gente...A casa está pronta e é recem construida, porém ainda tem algumas coisas que precisamos fazer, como os armários, e a decoração que não temos nada...

Na época da minha separação, vendemos e doados praticamente tudo que tinhamos, afinal cada um foi para um canto onde as coisas da casa não cabia...mantivemos a casa alugada por conta dos gatos que ainda estavam lá, não iria desabriga-los e colocar na rua, e isso foi nossa salvação, quando demos nossas mãos, cancelamos o divorcio e voltamos a morar juntos na mesma casa, tivemos que começar do zero, desde pratos e copos até os móveis....Ganhei um fogão que não funcionava o forno, nossa cama não é das melhores, a geladeira pequenininha, o guarda roupas não caberia na casa nova mesmo, então ficamos sem, não temos mesa, nem rack, nem sofá, apenas uma Tv de 14 polegadas que a sogra emprestou, mais mesmo assim estamos felizes e aos poucos vamos conseguindo conquistar tudo novamente, o mais importante que é nossa casinha já temos, e agradecemos todos os dias....


Essa cara de gatinho é uma capa para a chave que ganhei do marido :)
Nem preciso dizer que amei néh!

Bjinhosss

Mamãe outra vez....

Olá Meninas, quantas saudades desse cantinho que está tão esquecido...
engraçado que ainda sem nenhuma postagem atual, muitas pessoas visitam e recomendam meu blog, pelas postagens antigas, e isso é muito legal....
Bom, mais só vim rapidinho, contar uma novidade para as amigas que ainda me visitam e não me acompanham pelo face...

Estou grávida novamente ♥

Descobri a gravidez no ultimo fim de semana, fiquei um pouco desesperada, afinal a malu só tem 10 meses, porém até o próximo baby nascer ela terá mais que um ano e meio, já vai estar andando e falando, então fico mais tranquila...e vai ser bem bacana para poder criar junto...depois do susto que eu levei, estou muito feliz, e quero curtir muito essa nova gestação, com mais calma, e mais amor, afinal eu e marido merecemos néh!

Logo mais eu volto com novas informações, e mais uma novidade, comprei minha casinha própria, mais tardar em um mês estarei me mudando e com certeza terei muitas novidades para compartilhar...

  "Eu comecei a acreditar novamente nos recomeços, quando Deus fez nascer uma nova vida em mim, por que ele sabia exatamente a benção que eu precisava para sobreviver, no momento certo"

Bjinhosss



Não Temerei

    Todos os dias eu penso em voltar a escrever nesse meu cantinho...
fico ensaiando, e enquanto faço alguma outra coisa, já imagino o texto que vou escrever, mais por fim o dia termina e eu não vim...

    Porém tantas coisas aconteceram e ainda estão acontecendo ou para acontecer, que tenho que voltar a dividir, a contar, poder escrever para registrar, encontrar apoio, força, e também incentivar outras pessoas....

    Ontem enquanto via algumas atualizações no face li uma frase que uma amiga tinha postado que dizia assim:

Na Biblía está escrito 365 vezes: Não temas!

Use o seu "Não Temas" de hoje!!!

    Então eu passei o dia todo pensando nessa pequena frase de grande incentivo...
Pois quantas vezes ficamos temendo as coisas antes mesmo delas acontecerem, e as vezes o medo é tanto que enterra nossos sonhos...ou simplesmente acaba com a gente...

    Pessoas que nos desanimam, dizem que não temos capacidade, e o medo de mesmo assim tentar nos frusta antes mesmo de fazer....
    A única coisa que te prende naquilo que você não quer ser ou fazer é você mesmo, é o medo que você tem de mudar, de sonhar, de realizar....

    Uma coisa é certa, o que tem que ser será....Mais se você não se mexer ninguém fará por você!

    Por isso digo que eu não Temerei, vou seguir em frente, na minha luta diária, vou ser feliz, realizar meus projetos, correr atrás mesmo dos sonhos que tenho para mim e minha familia...

   Todos os dias temos escolhas e opções, e cada dia é um novo momento pra gente ir em frente sem medo...Faça e pense com amor e sem nenhum tipo de medo que dá certo!!


E você? Como vai usar seu "Não Temás" de hoje?

Bjinhosss

Sobre "ser mãe"...

    Aquela famosa frase : Você só vai saber quando for mãe, é a frase mais verdadeira do mundo...
    Que amor é esse que nos domina, por um ser tão pequeno...Procuramos detalhes neles que temos em nós, amamos cada som emitido, cada careta, cada choro de manha...cada dia que passa aprendemos tantos e amamos mais ainda, que ao passar de alguns dias paramos para pensar: e não é que dei conta?

    Ser Mãe é instinto, nada pode te preparar para esse momento, quando nasce um bebê também nasce uma mãe, e sem mais...

    Quando ainda estava grávida, eu morria de medo de não conseguir dar conta da Malu, sei lá, aquele pequeno bebê tão pequeno, frágil e molinho, como vou dar banho, colocar roupa, tudo eu? sozinha? rsrrss, e por incrivel que pareça após o nascimento eu me transformei, aquele bebê era meu, e tinha que cuidar ponto. rsrrs

    Brincadeiras a parte, eu perdi totalmente o medo, acho que tenho me virado muito bem e me visto apaixonada pela minha filha...a malu é muito esperta e quer se comunicar, mexe bracinhos, perninhas, fica euforica, faz caras e bocas (e biquinhos) sorri o tempo todo, solta gritinhos...uma graça, um amor..

     Tenho curtido muito, o marido e meus sogros então nem se falam, ficam babando em cima o tempo todo, parece que nunca viram um bebê....e como uso muito o sing com ela, todo mundo na rua me para também....ser mãe é uma experiencia pra vida toda que só se renova e é muito bom, não tenho nem palavras para explicar ♥

malu no sling...

Bjinhosss

Recomeçando....

     Recomeçar essa é a palavra de ordem....e vou fazer isso todos os dias se for preciso...
Somos humanos, e temos o direito de errar, porém temos o dever de recomeçar, quantas vezes for preciso até encontrar o caminho...

     Sinto muita falta do blog, as amigas sempre me mandam mensagem perguntado sobre a minha volta e por isso me organizei para conseguir estar aqui novamente....

     Tenho tantas coisas para contar e mostrar, e aos poucos vou colocando tudo em ordem e deixando postagens programadas....


Malu..amada, fofa, linda de viver...tenho muitas coisas sobre ela para contar ♥

Bjinhosss

Relato do parto da Maria Luiza

     Assim que descobri que estava grávida, comecei meu pré-natal com a médica de confiança, logo já disse que queria parto normal, e ela disse que mais para frente conversaríamos sobre o assunto, por mim tudo bem, afinal estava ainda com 2 meses, e tinha algum tempo...Sempre quis ter PN mais nunca me informei, não sabia muita coisa, e as palavras empoderamento e doula me parecia coisa de gente rica, rsrsrs, parto normal e natural eram tudo a mesma coisa, parto na água era frescura, rsrsrs



     Quando eu estava na metade da gestação, uma amiga sabendo do meu desejo de PN, me adicionou em dois grupos maternos que só falavam sobre o assunto, eu li muitas coisas, lia muitos relatos e comecei a ficar esperta, me informei, soube a diferença sobre normal e natural, quando estava com 26 semanas, fui em uma consulta, e no ultra que tinha feito mostrava que minha bebê era pequena, nada fora do comum, apenas estava no mínimo de peso e tamanho, e a GO fofinha, já começou a falar sobre o risco de parto nesse caso, que a bebe era muito pequena, perguntei sobre o PN se poderia ser feito nesse caso, e ela desconversou, falando que era para eu me preocupar com as coisinhas da minha filha, logo já saquei que era papo de cesarista, dei um sorriso amarelo e sai do consultório disposta a nunca mais voltar....

     Peguei indicação com algumas amigas da cidade, e marquei consulta com o único médico humanizado daqui, ainda bem que eu tenho plano de saúde e cobriu tudo...fui super bem atendida, ele mesmo me indicou contratar uma doula, e foi o que fiz....

     No final da gestação eu andava muito, fiquei extremamente elétrica, fazia faxina na casa dez horas da noite, andava quilômetros de apé, e nem me cansava, chegou a fazer bolha nos meus pés, hehe, estava preparada psicológicamente para esperar até as 42 semanas se fosse preciso, tanto que eu nem tinha minha mala de maternidade pronta, só fui arrumar na noite que comecei a ter contrações...estava muito tranqüila...

     Comecei a ter cólicas leves na quinta-feira, passei o dia com aquele incômodo e andando de um lado para outro, na sexta completei 38 semanas, e continuei com as cólicas que eram semelhantes aquelas que sentia antes de ficar menstruada, eu sabia que elas eram um possível inicio do TP mais fiquei “de boa”, na sexta para o sábado comecei a ter leves contrações bem espaçadas de madrugada, levantei um pouco ansiosa, mais sabia que precisava descansar para agüentar o TP, então voltei para a cama, as vezes ia no banheiro, voltava a dormir, de manhã as contrações deram uma boa espaçada, vinham a cada uma hora, duas horas, sem ritmo, e totalmente suportáveis, andei um monte, fui em um monte de lugares, tudo de moto, no fim da tarde fui na minha sogra jantar, detalhe que ela falou a semana inteira que a malu iria nascer no domingo...sábado em torno de nove horas da noite fui no banheiro e percebi que comecei a perder o tampão, mesmo assim fiquei tranqüila, eu sabia que o TP podia demorar a engrenar e o tampão poderia se regenerar...acabou a novela nas nove as contrações começaram a vir ainda suportáveis, precisava ir na farmácia comprar Absorvente, chamei meu marido para ir embora, pegamos a moto, e quando voltei para casa, e desci da moto senti um pouco de líquido escorrer, eu sabia que a bolsa tinha rompido, ainda sim fiquei tranqüila, acontece de algumas mulheres ter bolsa rota por dias....



      Bom, entrei em casa, arrumei minha mala de maternidade, deixei tudo no jeito na maior paz, cuidei dos meus gatos, deixei tudo certo pro meu marido cuidar deles enquanto possivelmente estivesse na maternidade...tomei um banho demorado e fui dormir com uma toalha no meio das pernas pois a cada contração que tinha, mais líquido saia, acordei mil vezes na noite, fazia xixi, e voltava a dormir, eu estava ciente que meu corpo precisava estar descansado, as contrações vinham, ainda sem muito ritmo e ainda fracas...de manhã acordei, contrações leves de cinco em cinco minutos, liguei pra doula rindo, que me mandou esperar as contrações ficarem mais doloridas, porém elas espaçaram, fiquei tranquila, sabia que elas poderiam demorar para engrenar de vez, tomei um belo café da manhã pão com mortadela e suco, voltei pra cama, contrações leves e espaçadas, liquido saindo, e eu dormindo o quanto podia...perto do meio dia levantei, fiz macarronada, comi com feijão e farinha, rsrsrs, as contrações começaram a a ritmar, cinco em cinco, seis pra cinco, cinco pra quatro e assim foi, almocei com dor, deitei na cama novamente e as contrações começaram a vir forte, eu trocava mensagens no celular com minha doula, deu 14hrs, e veio a primeira contração forte mesmo, entrei no chuveiro e a doula veio para minha casa, chegou perto das 15hrs....

      Fiquei conversando, a contração vinha eu parava, fui tentando várias posições, a dor aumentando, os intervalos diminuindo, entrei na partolândia, tinha momentos que nem raciocinava, meu marido estava calmo, eu chegava a dormir entre uma contração e outra, chegava a sonhar e acordar com a dor que era forte, eu não me preocupei com nada, nem fiquei olhando as horas, deixei tudo nas mãos da doula, foquei apenas no TP, respirava fundo, procurei passar pela contração sem travar meu corpo, estava muito calor nesse dia, ventilador ligado, eu queria água, fui para o chuveiro, fiquei de 4 com a água caindo nas costas, praticamente abraçada com minha privada, eu cheguei a vomitar duas vezes depois da dor....os Puxos vieram, eu consegui ter uma breve conversa com meu marido, não me lembro do que falamos, só escutei minha doula falar que naquele momento iríamos para a maternidade...me sequei, coloquei um absorvente, vesti um roupão, já estava delirando, dei entrava na maternidade as 18:45, a enfermeira esperou passar uma contração, fez um toque super rápido e já disse que estava com 9 de dilatação, e minha bolsa já estava rompida...subi andando para o quarto, cheguei e enquanto enchiam a banheira, fiquei no chuveiro, abraçada com uma bola de pilates, enquanto a doula massageava minhas costas....levei até biquíni para poder ficar na piscina, não queria que ninguém me visse pelada, mais no momento que tudo aquilo estava acontecendo, eu nem importei, fiquei pelada mesmo, a enfermeira veio escutar o coração da minha bebê estava ótimo, me disse para respirar devagar pois estava passando oxigênio para ela..veio a vontade de fazer força...a piscina estava enchendo, mesmo assim entrei, meu marido do lado de fora me apoiando e eu de joelhos, estava já sem forças, a dor me consumia, nesse momento só lembro que pedia pra Deus me ajudar, e rezei uma ave-maria bem baixinho com meu marido....

(Unica foto que tenho do momento do nascimento, foi tirada pela doula)

     A Pediatra chegou, eu fiz força, colocava minha mão e sentia a cabecinha da minha filha descendo, veio uma contração, eu gritei que estava nascendo, apagaram as luzes, não lembro mais de ninguém....fiz apenas uma força prolongada, gritei muito, e senti minha filha escorregar, eram 19:15hrs abri os olhos, olhei para baixo, respirei, peguei minha filha, e comecei a voltar pra realidade, vi o rosto do meu marido, estava chorando e emocionado, esperamos o cordão parar de pulsar, e ele cortou....entreguei ela pra enfermeira, sai da água, deitei na maca, tive laceração, e levei dois pontinhos....meu marido trouxe a bebê do meu lado, ela não quis mamar, fiquei apenas a namorando, minha cunhada Camila, que é fotografa  não deu tempo nem de chegar para registrar o parto, só entrou depois para fazer algumas fotos...já sai andando, fui para outro quarto, tomei banho, toda feliz por ter parido....foi a experiencia mais linda da minha vida, doeu sim, mais toda a dor foi embora, nem me lembro, só vale a cena linda que guardo na minha memória do nascimento da minha Maria Luiza!!! Não sofri nenhuma violência obstétrica, passei todo o TP em casa e quando a Malu nasceu tbm não foi aspirada!!!

     A Maria Luiza nasceu com 45 cm e 2.270grs.

Eu me empoderei, fiquei muito tranquila, meu parto foi rápido, me surpreendi, da maneira que sonhei, e com certeza quero parir mais vezes!!! e o melhor é lidar com as pessoas que tentavam me colocar para baixo na gravidez, dizendo que eu não iria conseguir, que era horrivel, que eu estava "viajando" e está ai, eu pari da forma mais linda e natural possivel!!!


Minha familia linda e abençoada, para quem torceu pelo meu final feliz ai está ♥

Ps: ainda tenho muita coisa para contar, pessoas para agradecer e muitos posts para fazer, mais com a cria em casa fica dificil dar conta de tudo, conforme der vou voltando....

Bjinhosss
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...