Descobri que "Há amor em Mim"....




   
Durante toda a minha infância, pensava se eu era amada, se minha irmã me amava como o filha dela...como já contei aqui, minha convivência com ela sempre foi muito difícil, eu criança arteira e ela mãe de uma filha que era irmã e veio de paraquedas, apanhei muito, e achava que não existia amor....
     Eu sentia que não era amada, e por muitas vezes eu chorei, e perguntei a Deus, se ele me amava, pois tinha tirado meus pais....Eu aprendi pela dor, apanhei muito, por ser arteira e rebelde, e pela falta de experiencia da minha irmã....
     Virei uma adolescente que queria ser dona do próprio nariz, chorei pelos amores que achava que tinha, apanhei pelos amores que minha familia achava que eu tinha, achei que amei uma pessoa que só me maltratou, me revoltei, já tive vontade de morrer, mas Deus me recompensou todo o amor que achei que não tive: Meu marido....

     Minha irmã trabalhava como empregada doméstica o dia inteiro, e eu fui criada com uma tia de consideração, meus primos fizeram um encontro de jovens da igreja e eu fiquei por 4 anos ouvindo eles contarem como era bom e morrendo de vontade de fazer, até que chegou o dia, e na primeira noite do encontro veio meu "futuro" marido, passou a mão no meu cabelo, elogiou, e por incrível que pareça passou todo um filme na minha cabeça que ele seria o homem da minha vida....Me apaixonei no mesmo instante...
     Na época eu namorava com uma pessoa que só maltratava, e depois desse encontro, por causa das humilhações que passava na mão do meu ex, briguei com minha irmã e fiquei alguns meses sem nos falar, até que voltei a reencontrar meu marido, voltei para grupo de jovens, com o apoio da minha irmã, terminei com o ex e comecei a namorar com o meu marido....
     Ele é a pessoa mais maravilhosa que conheço, e Deus não podia ter me preparado pessoa melhor, alguém para cuidar de mim, confortar meu coração, me ensinar que existe amor, que sou uma pessoa boa, o que é uma familia, curar meus traumas, e que mesmo nos meus momentos mais angustiantes, nas crises depressivas, está comigo....Eu não sei de onde vem tanta paciência para me aguentar, mais tenho certeza que ele me ama...

     Sou uma pessoa fechada, sincera demais, complicada, chata e alegre ao mesmo tempo...
     Tenho dúvidas sobre o amor, já aprendi muito sobre ele, com meu marido aprendi que que há amor em mim, fechado bem no fundo do coração, mais existe, um amor que poucos conhecem, um amor que pouco se deixa mostrar pelo meu sorriso, um amor que se esconde por medo de se perder, de machucar, ou até mesmo um amor que passa por crise existencial, mas que eu aprendo a cativar um pouquinho a cada dia...

Este é um poema escrito por ele para mim, explica tudo:


Keilla,
Você pode ser o rosto que não esquecerei
Um traço de prazer ou de tristeza
Talvés meu tesouro ou o preço que tenha que pagar
Você pode ser a música que o verão canta
Talvés o frescor que o outono trás
Ou centenas de coisas diferente
No espaço de um dia
Você pode ser a Bela ou a Fera
Talvés a fartura ou a fome
Pode transformar cada dia num paraíso ou num inferno
Você pode ser o espelho do meu sonho
Um sorriso refletido na água
Pode até mesmo não ser, o que parece..escondida dentro da sua concha
Você que sempre parece tão feliz
Com seus olhos tão pessois ou orgulhosos
Mas que não podem ser vistos quando choram
Pode ser o amor que não se deve esperar que dure
Pode vir para mim como sombras do passado
Que me lembrarei até o dia de minha morte
Você pode ser a razão para que eu sobreviva
O motivo para eu estar vivo
Alguém que cuidarei na alegria e na tristeza
Eu acolherei seus risos e lágrimas
Os guardarei como minhas lembranças
Por onde você for eu tenho que estar
Pois o Sentido da minha Vida é Você.



(foto da hora do beijo no casamento no civil, ele beijou e eu nervosa sorri)


Este texto faz parte da blogagem coletiva : Há Amor em Mim, organizado pela Elaine Gaspareto, para comemoração do 3° aniversário do blog. Agradeço a oportunidade de participar, decidi em cima da hora, mas senti que precisava escrever...


Bjosss



37 comentários:

Tatiana Moreira postou o comentário número:

Keilla... O amor está aí, pulsando forte dentro do seu coração...
Hoje o amor está colorindo a Blogosfera...Isso é maravilhoso!
Parabéns por sua participação e por deixar o amor aflorar sempre em sua vida!
Um beijo carinhoso

Lívia postou o comentário número:

Primeiro TENHO que te agradecer pelas dicas sobre máquina de costura. Ajudou muito, muito, muito!!! Estou mesmo pensando em optar pela Facilita :)

Agora deixa eu elogiar o seu texto. Keilla do céu!!! Que lindo o que você escreveu. Quanta sinceridade e quanto amor em um texto só. Não te conheço pessoalmente mas depois do que eu li posso afirmar com certeza que "há amor em você!!!".

Fica com Deus.
Beijos.

Adelaide Araçai postou o comentário número:

Lindo Keila... sabe eu tinha meus pais, mas apanhava muito dos pais e dos meus irmão mais velhos e na minha adolescencia passeio pelos mesmos questionamentos, e claro que não frequentei nenhum grupo na época, o meu anjo foi a gerente do escritório de contabilidade que em uma conversa percebeu minhas dúvidas e começou a trazer alguns livros para eu ler, foi assim que percebi que embora achando que não, Deus estava sempre me ajudando e me presenteando de alguma forma.
Muita Luz e Paz
Abraços

Tami Fonseca postou o comentário número:

Keila...me emocionei com você e olha pode ter certeza que há muito amor em você...
Já me considero sua amiga e fico muito feliz em saber que mesmo depois de tantas dificuldades você encontrou o AMOR VERDADEIRO.
Um ótimo dia.

Bjinhuxx carinhosos.

♥ TAMI ♥

Maria Reciclona postou o comentário número:

Keilla,querida.
A cada dia lendo o seu blog, mais e mais cresce em mim a admiração e o carinho por você.
Cresça assim, se redescobrindo e descobrindo sempre o melhor que Deus criou em você. Sim, menina arteira, o amor existe em você. E transborda!
um abraço.

Vanessa Orgélio postou o comentário número:

Que lindo texto querida!
Que Deus abençoe esse amor, sempre, sempre, sempre!

Carla Patrícia postou o comentário número:

Keilla...
Que post lindo, me emocionei muito...E que pessoa forte tu és...que história linda essa do encontro com teu marido,e que amor lindo o de vocês... aliás, essse teu post é amor puro!

Beijos
Carla
http://pathyarteira.blogspot.com

Crys Leite postou o comentário número:

Com ctza seu marido é um anjo que Deus colocou na sua vida, para te ensinar o AMOR!!! Adorei seu cantinho, após ler essa postagem da blogagem coletiva meu deu vontade de ler todo seu blog hehehe. Beijos.

Janaína (Abacate) postou o comentário número:

Keila, que lindo seu post!

Eu acredito que a gente sempre encontra esse "amor" que há na gente!

Adorei!

Alessandra postou o comentário número:

Muito linda sua declaração!Ás vezes a gente acha que as coisas não deveriam ser assim,mas pode ser uma preparação para dar mais valor para algo melhor que está por vir!!
Aproveito para te seguir aqui!
Bjo Bjo
Ale
http://eutenhopressaemuitacoisameinteressa.blogspot.com/

She postou o comentário número:

Olá, olá! Prazer! Também estou na coletiva da Elaine e vim te ler... Simplesmente amei! A foto por si só já mostra o amor que existe em vc e foi complementado com suas palavras... Que foto linda! Que história de vida! Adorei vir aqui, adorei mesmo! Beijo, beijo e parabéns pela bela participação!
She

Dona Amélia postou o comentário número:

Só mesmo o amor é capaz de abrir as portas que fechamos com tanta veemência. E começa assim, devagarinho, e quando menos esperar, "a casa" inteira estará aberta e muito bem arejada! ;oD

Xerinhos
Paty

Nah postou o comentário número:

Há muito amor em você e a gente sente isso através das suas palavras. Bjos flor

Marlene Pires postou o comentário número:

Oi Keilla com certeza há muito amor em vc. E nunca se esqueça de ser grata à Deus por isso e pelo amor que seu marido tem por vc. Eu agradeço todos os dias o marido que Deus me presenteou, amigo, companheiro, cúmplice, amoroso e muito dedicado à família.
O poema que ele fez pra vc diz tudo do amor que lhe dedica.
bjos e fique com Deus,
Marlene

Lidi e Paulo postou o comentário número:

Ainn Amiga, q lindo!!

eu adoreii!!! Mt emocionante as suas palavras..
eu me vejo mt em vc, nos seus post's.. porém já sou um pouco mais velha... mas passei por momentos bem parecidos com os seus...
Lindoo!!


Uma ótima noite;

Beijoquinhas :*

Michelle Bonfhim postou o comentário número:

Keilinhaa oiii!!!
ESTOU EMOCIONADA COM TUDO...
VC É ESPECIAL E UMA PESSOA BOA.
DEUS ABENÇÕE SUA UNIÃO ETERNAMENTE E QUE LINDO O POEMA QUE SEU MARIDO FEZ À VOCÊ É ISSO AI....

FCDeus bjusssssss :)

Fernanda Reali postou o comentário número:

Não percebo o teu amor tão no fundo assim. eu vejo teu amor despontar no cuidado aos felinos, às unhas cada dia mais bonitas, à vontade de fazer coisas boas no lar... Eu acho que teu amor está cada dia mais evidente!

vejo muitas coisas boas em ti!

beijoooo

Joana postou o comentário número:

Keila,
Estou na blogagem coletiva tb e vim ler sua postagem.
Acho que sei bem sobre o que vc escreveu: eu me sinto assim, parece que meu marido me resgatou! E foi bem assim: enviado por Deus!
Linda sua história. Não permita que o que se passou seja grande para te apagar, te amedrontar, impedindo de ser feliz e de fazer feliz que te ama.
Beijinhos, com carinho

Renata Guidinha postou o comentário número:

Keila, fico super feliz em saber que com sua pouca idade já tem uma consciência tão grande do amor que há em vc. O mais legal é que exatamente por ser tão nova é que podemos apostar na certeza que muito ainda tem para espalhar de amor por aí.
Que Deus cuide dessa pessoinha maravilhosa que é, dando um colo de Pai sempre que precisar, mas acima de tudo capacite-a cada vez mais como agente disseminadora de amor.
Cheguei e fiquei, ok?
Bjks
Renata http://cercaviva,blogspot.com/

Bel Rech postou o comentário número:

O amor nos prega peças também..pois estava à sua espera.Parabéns por está linda poesia dedicada a você.O amor constrói...
Paz e bem

Elaine Gaspareto postou o comentário número:

Keilla,
Em tantas coisas que você conta eu sinto uma menina cheia de amor.
Vou te contar um segredo: também sou fechada e desconfiada.
Mas vamos aprendendo, cada dia um poquinho, né?
E a poesia???? Gente que coisa linda!!!
Menina, esse homem te ama!

Beijosssssss

Lin Sousa postou o comentário número:

olá, e te acho linda .. e desde que tinha sua idade tb sou assim , fechada em minha concha e desconfiada .. valorize quem te ama , que está do seu lado .. todos temos defeitos , o segredo é saber conviver com eles e evidenciar o que temos de melhor .. bjks LIN

Laysa Grazielly postou o comentário número:

Nossa Keilla amei seu texto, que Deus continue sempre te abençoando.

Bjos *-*

Dilti Xavier Lopes postou o comentário número:

Keilla,
Você é uma pessoa contagiante. Não conseguia parar de ler seu blog, passava de um post para outro e ia me encantando por você.
A internet tem destas coisas, nos dá a oportunidade de conhecer pessoas tão especiais como você, que talvez nunca pudéssemos conhecer na vida "real".
Quase não consigo acreditar que você tenha só 18 anos.Vejo em você uma "mulher" madura e sensível, com a alegria e o frescor da juventude.
Sua história é linda... Sua família é linda...
Parabéns por ser esta pessoa de valores sólidos, que enfrenta as dificuldades da vida com amor, com esperança, com garra.
Parabéns para a sua irmã que te criou e te ajudou a ser uma pessoa do bem. Transmita a ela o meu verdadeiro e afetuoso abraço.
Seu marido é com certeza um presente de Deus, e vocês terão filhos lindos e serão muito felizes.
Você é linda, é inteligente, é meiga, é cativante, é desembaraçada, é corajosa.
Me tornei sua fã!!!!
Beijos cheio de amor pra você.
Dilti

Tatá postou o comentário número:

Quantos caminhos e descaminhos percorremos até as coisas fazerem sentido.

Há amor em você. Muito amor!!!

Bibia Bueno postou o comentário número:

Nã sabia que você tinha tido essa infância tão difícil, sorte sua que você fo presenteada com um belo amor! :) Que Deus abençoe vocês!

Elaine Cunha postou o comentário número:

Keila,

Sua história é densa e muito bonita!

Obrigada por compartilhar!
Beijos, Elaine Cunha
www.caminhandocontando.com

Jô Bibas postou o comentário número:

Momentos difíceis podem nos ensinar os momentos bons que acontecem. Porque, sim, eles acontecem!
Gostei de conhecer o teu blog.

Esplendor da Criação postou o comentário número:

Olá.
O amor transforma os corações! Lindo menina e o poema, pois o sentido da minha vida é você!!! Cuida bem deste amor e sejam felizes sempre, com Jesus no corção,bjs.

Iara postou o comentário número:

Menina, nem tenho que dizer, tua história me deixou sem palavras, algo muito difícil de ocorrer.
Estou te seguindo, quero voltar e ler mais por aqui.
Um grande abraço

Vanessa postou o comentário número:

Passando para conferir sua participação na Blogagem Coletiva da Elaine. Lendo seu texto concluí que depois de tantas dúvidas, você foi brindada com uma grande certeza. Coisa boa.

abraço

Orvalho do Céu postou o comentário número:

Minha flor
O sorriso é um aforma de dizer EU TE AMO...
Há amor em mim
Há amor em ti
Há amor em nós
Bjm de paz

Ana de Geo postou o comentário número:

O seu marido tem uma coisa essencial na vida: bons olhos. Ele enxerga o bem, só isso. E vc tem muito. Nunca se esqueça disso! Sempre que venho aqui, correndo, muitas vezes pra responder algum comentário seu ou ler a sua última postagem, acabo me perdendo em seus escritos e fico lendo, relendo, procurando postagens antigas, só pra saber mais um pouquinho de vc e da sua vida. Vc é uma vitoriosa! Parabéns ao felizardo que casou com vc!!! Deus abençoe este casamento cada dia mais!

Ana de Geo postou o comentário número:

O seu marido tem uma coisa essencial na vida: bons olhos. Ele enxerga o bem, só isso. E vc tem muito. Nunca se esqueça disso! Sempre que venho aqui, correndo, muitas vezes pra responder algum comentário seu ou ler a sua última postagem, acabo me perdendo em seus escritos e fico lendo, relendo, procurando postagens antigas, só pra saber mais um pouquinho de vc e da sua vida. Vc é uma vitoriosa! Parabéns ao felizardo que casou com vc!!! Deus abençoe este casamento cada dia mais!

MARLENE postou o comentário número:

Lindo seu relato! Também faço parte da blogagem coletiva da Elaine e passei pra ler seu texto. Amei! E a poesia então, nossa, qualquer mulher adoraria receber eata declaração de amor, afinal, as mulheres são movidas pelo coração.

Flores e Framboesas by
Marlene Paz
Espero sua visita!

A e B postou o comentário número:

Keila através desse texto me identifiquei muito com voce, eu cresci sem pai e tbm com uma mãe quase que ausente, afinal alguém tinha que por comida na mesa né, minha mãe é batalhadora não a culpo pela distancia, mas aprendi a não reclamar das coisa e das pessoas, a me conformar com que tinha, sempre fui fechada com todo mundo,até hoje muita gente me chama de metida mas é só até me conhecerem,o marido fala que eu passo isso mas não sou assim, as vezes tenho medo de relações, pra mim é até dificil comandar um blog, o marido me incentiva muito a divulgar o blog e tal mas ficou com vergonha to fazendo aos pouquinhos.Aprendi com o marido a me soltar(to aprendendo)
ele me deixa totalmente a vontade e me deixa dividir com ele todas as minhas angustias e felicidades também, somos um casal unido graças a DEUS. Sou a filha + nova de 3, e o meu irmão mais velho faleceu há uns 5 anos e isso tirou o meu chão totalmente, meu irmão deixou 3 filhos com mulheres diferente cujas temos uma dificil relação mas amo demais meu subrinhos!!
Enfim..te contei quase minha história toda pra te provar que não é a única no mundo que passa por dificuldade e problemas, algumas coisas são dificieis de superar mas precisamos superar pra fazer a pessoa que temos ao lado feliz, acho que faço + bagunça com o marido do que qndo eu era criança..rsrs
bjinhuu keila
Conte comigo sempre que precisar!

Flor de Menina postou o comentário número:

Olá!!
Adorei seu blog e já estou seguindo.
Visite o meu também
Beijos

http://flordemeninaacessoriosbaby.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...